Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net
Home / News / Seleção espanhola: Espanha chega à sexta grande final entre Eurocopas e Copas do Mundo

Seleção espanhola: Espanha chega à sexta grande final entre Eurocopas e Copas do Mundo

euhistória que terá um novo capítulo em Berlim neste 14 de julho nasceu em Madrid em 1964. Poderia ter feito isso em Paris, quatro anos antes, mas a política negou uma equipe cheia de talento: Di Stfano, Kubala, Luis Surez, Gento, Santamara…Mas isso é outra história. No dia 21 de junho de 1964, no lotado Santiago Bernabu, a seleção espanhola disputou a primeira final de sua história. E ele ganhou. A famosa cabeçada de Marcelino O passe de Pereda fez o 2 a 1 contra o atual campeão, a toda-poderosa União Soviética de Beskov no banco e Yashin entre as trave. Ao comando da seleção nacional, Villalongacom Olivella como capitã.

Gols Espanha – França (2-1)

Duas décadas tiveram que se passar antes que eles retornassem à Espanha na final. Naquele momento sombrio, o time nem chegou perto de brigar pelos títulos. Acumulei decepções, nenhuma como a da Copa do Mundo de 1982, a da Espanha. A equipa saiu dessa depressão com força graças a Miguel Muoz. 12-1 para Malta Isso significou a qualificação para a Eurocopa da França. A Espanha não era candidata para ninguém, mas chegou à final. Dois gols de Maceda (Alemanha e Dinamarca) e um Arconada enorme levou a Espanha a Paris. Mas lá ele não poderia com a França de Platina.

Anos de frustrações vieram. Alguns porque a Espanha estava muito perto de vencer: Copa do Mundo do México ou o de 2002, o Euro de 1996; outros por terem vivido um desastre: Euro 1988 e 2004 e Copa do Mundo de 1998 na liderança. Com tudo isso, a Espanha acabou Luís Aragão em 2008. No dia 29 de junho, em Viena, a meta de Fernando Torres recuperou a narrativa aberta 44 anos no Cinzas.

Esse gol abriu a era de ouro do futebol espanhol. Viriam mais duas finais, duas vitórias. A marca de uma equipa lendária, única na história do futebol. Aquele que no dia 11 de julho de 2010 deu à Espanha a estrela de campeã mundial com gol de Iniesta. Aquele que no dia 1º de julho de 2012, em Kiev, deixou o mundo sem palavras ao destruir a Itália na final por 4 a 0.

Copas do Mundo e Eurocopas São as competições rainhas das seleções europeias. Mas não os únicos. Vencê-los deu à Espanha a oportunidade de disputar a Copa das Confederações em 2009 e 2013. Na primeira, em África do Sul foi o terceiro; em Brasil foi destruído na final do Maracanã pelo anfitrião: 3 a 0.

E nesse caminho nasceu uma nova competição na Europa, a Liga das Nações. A Espanha é a única seleção que disputou duas das três finais do torneio. perdi o primeiro França em São Siro. Na segunda, em Roterdãoacrescentou ao seu recorde ao derrotar na disputa de pênaltis Croácia.




Source link

About admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Recent Comments

No comments to show.